Apresentação

O Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco- 2ª Região (CRP-02) – é uma Autarquia de Direito Público, que tem a finalidade de orientar, disciplinar, fiscalizar e regulamentar o exercício da profissão de psicóloga/o. É também atribuição do Conselho zelar pela fiel observância dos princípios éticos e contribuir para o desenvolvimento da Psicologia como ciência e profissão. O Sistema Conselhos (composto pelo Conselho Federal de Psicologia e 23 Conselhos Regionais) constitui a instância mediadora entre o exercício profissional e a sociedade, com o objetivo de garantir a qualidade dos serviços prestados.

A profissão de psicóloga/o foi regulamentada pela Lei 4.119, em 27/08/1962. Por esta razão, é que se comemora o Dia Nacional da/o Psicóloga/o em 27 de agosto. O Conselho Federal de Psicologia (CFP) e Regional de Psicologia (CRP) foram criados em 20/12/1971, através da Lei Federal 5.766 e foram instalados em 27/08/1974. Em Pernambuco, o Conselho Regional também foi instalado em 27 de agosto de 1974. As instâncias deliberativas do Sistema são as seguintes: o Congresso Nacional da Psicologia, realizado a cada três anos; a Assembléia das Políticas Administrativas e Financeiras – APAF, realizada semestralmente com representantes de todos os Conselhos Regionais e Federal; a Assembléia Geral; a Plenária e a Diretoria. O planejamento das atividades do CFP e dos CRPs é feito com base nas deliberações do Congresso Nacional de Psicologia, realizado a cada três anos, no período das eleições, quando são aprovadas diretrizes sobre a estrutura funcional dos Conselhos e os princípios que deverão nortear seus trabalhos.

Sediado na cidade de Recife, o CRP-02 atualmente possui três Subsedes nas cidades polos de Petrolina (Sertão do São Francisco), Garanhuns (Agreste Meridional) e Caruaru (Vale do Ipojuca).

Composição

O Plenário do Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco- 2ª Região (CRP-02) é formado por nove membros efetivos e nove membros suplentes, eleitos por maioria de votos.

A atual gestão do CRP-02 (XV Plenário) está assim composta:

Diretoria Executiva
Presidente – Hermes Azevedo – CRP-02/7.883
Vice-Presidente – Patrícia Guimarães CRP-02/17.739
Tesoureiro – Marcos Mucarbel Junior CRP-02/15.841
Secretária – Larissa de Melo Farias – CRP-02/14.616

Diretoria Ampliada
Laís de Souza Monteiro – CRP-02/16.758

Conselheiras/os Titulares
Filipe Vasconcelos de Araújo CRP-02/12.989
Patrícia de Oliveira Guimarães CRP-02/17.739
José Hermes de Azevedo Júnior CRP-02/7.883
Larissa de Melo Farias CRP-02/14.616
Marcos Mucarbel Junior CRP-02/15.841
Maria de Jesus Moura CRP-02/4.617
Patrícia Bleuel Amazonas CRP-02/10.163
Tatiana Nunes Cavalcanti CRP-02/12.360
Verônica Chaves Carrazzone CRP-02/10.195

Conselheiras/os Suplentes
Laís de Souza Monteiro CRP-02/16.758
Lucimary Bezerra Florentino Alves Serapião CRP-02/10.258
Maria da Conceição Correia Pereira CRP-02/1.376
Marluce Leite da Silva CRP-02/12.642
Priscilla Gadelha Moreira CRP-02/12.904
Severino Ramos Lima de Sousa CRP-02/8.175
Vinicius Suares de Oliveira CRP-02/16.923

 

O CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA 2ª REGIÃO integra as seguintes entidades:

O CRP-02 também participa de diversos coletivos. Dentre eles, os conselhos de direito, como  Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, Conselho Nacional da Criança e do Adolescente,  Conselho Nacional de Saúde, Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de LGBT – CNCD/LGBT, Conselho Nacional de Segurança Pública, Conselho Nacional de Assistência Social e Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas.

Participa também de  fóruns:  Fórum das Entidades das Profissionais de Saúde, Fórum das Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira, Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde Fórum Nacional de Defesa da Criança e do Adolescente, Fórum Nacional dos Conselhos das Profissões Regulamentadas, Fórum Permanente do Mercosul, Fórum Nacional de Assistência Social, Fórum Nacional de Democratização da Comunicação, Fórum das Entidades Nacionais dos Trabalhadores em Saúde, Comissão Permanente de Combate à Tortura e à Violência Institucional.